Search
  • Rafael Manga

🇧🇷(PT)Mixando com Fone de ouvido ou Monitores ?

Uma das perguntas mais comuns que os engenheiros de audio iniciantes têm é: qual qual dos dois usar para mixar? Fones de ouvido ou monitores de estúdio?

A resposta é que bons resultados podem ser alcançados em um ou em ambos. Infelizmente, isso não ajuda muito a esclarecer. Adicione as centenas de fones de ouvido e monitores de estúdio disponíveis, e a escolha se torna ainda mais difícil. Felizmente, porém, existem algumas considerações comuns a serem feitas ao mixar com fones de ouvido, monitores de estúdio ou ambos.

Fone de ouvido

Os fones de ouvido normalmente têm uma maneira única de colorir o som que reproduzem, e cada par é uma fera totalmente diferente. Essa coloração afeta muito a maneira como percebemos as frequências, mascarando-as, e assim podemos tomar decisões erradas na hora de mixar. Podemos, por exemplo, atenuar desnecessariamente os graves de um par de fones de ouvido cuja resposta de frequência apresenta um aumento nessa área. Por outro lado, podemos aumentar o limite máximo para compensar os graves exagerados que estamos ouvindo.

Muitos fones de ouvido também têm uma resposta de frequência extrema. Não é incomum ver respostas de 5 Hz - 35 kHz, mesmo que ouvidos humanos não sejam capazes de ouvir isso, no máximo entre 20 Hz até 20 kHz. O que você ouvirá, no entanto, é uma resposta de faixa de frequência específica para aquele fone de ouvido e isso é algo que tem o potencial de fazer ou quebrar uma mixagem se você estiver compensando ou fazendo escolhas que não se traduzirão bem para outros auto-falantes.


Imagem estéreo

Imagem estéreo é outro grande problema que a mixagem com fones de ouvido apresenta. O campo estéreo soa nitidamente mais amplo em fones de ouvido do que em um par de monitores de estúdio, porque os canais esquerdo e direito estão literalmente situados em cada lado de nossa cabeça. Além disso, os elementos de mixagem com panorâmica central soam como se estivessem na nossa frente em um par de monitores, enquanto soam como se estivessem entre nossas orelhas em fones de ouvido. Todos esses são desafios que devem ser considerados ao estabelecer a imagem estéreo em fones de ouvido.

Saber e lembrar-se de que os fones de ouvido soam mais largos do que os monitores ajudará a evitar que você faça mixagens mais estreitas que o normal, mas não exagere! preste atenção nos limites da mono compatibilidade.


Crossfeed (Alimentação Cruzada)

Finalmente, há um fenômeno auditivo conhecido como "Crossfeed". Quando você está ouvindo a reprodução em um par de monitores, o ouvido esquerdo percebe o alto-falante esquerdo e o ouvido direito percebe o alto-falante direito. Uma fração de segundo depois, cada ouvido ouve o alto-falante oposto em um volume ligeiramente mais baixo. Nosso cérebro processa tudo isso em microssegundos sem qualquer consideração de nossa parte, porque é a maneira natural como nossos ouvidos evoluíram.

No entanto, quando estamos mixando com fones de ouvido, o crossfeed não existe. O ouvido esquerdo ouve o canal esquerdo e o ouvido direito ouve o canal direito, sem combinação natural dos dois. Nosso cérebro percebe que falta material e temos a tendência de não gostar do que ouvimos. Novamente, este é um grande desafio que a mixagem com fones de ouvido apresenta.

É possível combater a falta de crossfeed usando fones de ouvido abertos (os melhores para mixagem) em vez de fones fechados. Com menos isolamento, os fones de ouvido abertos permitem que um pouco de som vaze de um lado para o outro, restaurando um pouco da naturalidade a que estamos acostumados. Existem também plug-ins de alimentação cruzada que inserem artificialmente parte do sinal no canal oposto. Estas não são soluções fixas, mas certamente maneiras de superar o desafio.


Monitores de Estudio


Acoustic Treatment

Os monitores de estúdio têm melhor desempenho em ambientes bem tratados. Para aproveitar ao máximo seus monitores, você deve ter certeza de ter, pelo menos, tratado os primeiros pontos de reflexão em seu espaço. Isso minimizará as ondas estacionárias e os primeiros reflexos que podem borrar uma resposta neutra e clara proveniente de seus alto-falantes.

Da mesma forma que os fones de ouvido colorem o som que reproduzem, os monitores em uma sala não tratada, não são uma representação honesta da resposta de frequência real da mixagem. Ambiência e Atrasos são assassinos da sua mix! Antes de investir em um bom par de monitores para o seu estúdio, certifique-se de que também reservou um tempo para cuidar da acústica da sua sala.


Volume de Audição

A regra geral é que monitorar algo em torno de 85 dB SPL é o ideal. A ciência por trás da maneira como os humanos ouvem, determinou que, a 85 dB SPL, a resposta de frequência de nossos ouvidos é bastante plana. Em volumes ainda maiores, a curva fica ainda mais plana, mas o potencial de lesão é muito maior!


Embora não seja dolorosamente alto, o nível de audição ideal também não é silencioso. Se você prevê ter problemas com os vizinhos, os monitores podem não ser o melhor caminho para o seu estúdio em casa.


Tamanho da Sala

Ainda pior do que uma sala sem tratamento é uma sala sem tratamento com monitores grandes demais para o espaço! Um driver de 8 polegadas em uma sala pequena é uma zona de desastres de baixo custo!ou alto custo, pois monitores com driver maiores são mais caros! Não cometa esse erro!

Antes de mergulhar de cabeça nas profundezas dos monitores de estúdio, seja honesto sobre o que sua sala pode suportar. Felizmente, os alto-falantes de 5 polegadas funcionam muito bem para espaços menores, e há muitas empresas criando opções fantásticas. Se você realmente precisa de um pouco mais de graves, muitas pessoas optam por 5s com um subwoofer.


Muito trabalho, não é pra mim!

RM Vibes tem uma grande experiência com Mixagem e Masterização, e pode fazer todo esse trabalho por você ! Entre em contato pelo nosso Whats App para orçar esse trabalho.



Consideração Final


Em geral, se você tem um bom ambiente e tratamento acústico, mixar em monitores de estúdio é sempre preferível. Isso não significa que um bom trabalho nunca tenha sido feito em fones de ouvido. As mixagens de fone de ouvido geralmente não têm tanta profundidade e acabam sendo muito claras e altas. Se é isso que você está procurando, então não é algo ruim, mas é uma armadilha em potencial se mixar exclusivamente em fones de ouvido.

Por outro lado, os monitores de estúdio têm um som fantástico e são a escolha certa quando se trata de mixagem profissional. No entanto, eles são muito mais exigentes do que os fones de ouvido, no sentido de que requerem um espaço adequado e são melhores em um ambiente acusticamente tratado com bastante dB SPL. Isso significa muito mais dinheiro investido.

Se você está procurando a resposta para "Qual é o melhor?", É resposta é "ambos". Mixar em monitores de estúdio e fazer referência com fones de ouvido é a combinação ideal!

52 views

© 2020 by RM Vibes.

  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Preto
  • Preto Ícone SoundCloud